A inteligência artificial pode diagnosticar doenças oculares com a mesma precisão que alguns especialistas

Envelhecimento saudável com ajuda de IA e IoT
26 de julho de 2018
O próximo grande desafio da AI: compreender as nuances da linguagem
22 de agosto de 2018
José Roberto Madureira Junior
publicado por José Roberto Madureira Junior, 18 de agosto de 2018
Consultor na área de Tecnologia da Informação. Pesquisador em Inteligência Artificial e professor de cursos técnicos e tecnológicos no Centro Paulo Souza.

Um estudo realizado pelo Moorfields Eye Hospital, em Londres, e a empresa Google DeepMind descobriu que uma máquina pode aprender a ler complexos exames de olho e detectar mais de 50 condições oculares.
Os médicos esperam que a inteligência artificial possa em breve desempenhar um papel importante na identificação de pacientes que precisam de tratamento urgente.